Posts Recentes

Conhecendo os materiais de desenho e seus usos



           Desenhar é sem dúvida uma arte encantadora. E para quem ama criar desenhos sabe a importância de ter bons materiais. Porém, vale ressaltar que de nada adiantaria ter em mãos os melhores produtos e não aprender os fundamentos básicos do desenho e o desenvolvimento da percepção visual. Por isso, ao passo que suas habilidades e estudos sobre desenho aumentam vale a pena investir em materiais de boa qualidade para aprimorar cada vez mais seus desenhos.
Conhecendo os materiais de desenho e seus usos
Por Cícera Dias

          
            Para montar o seu kit de desenho não é preciso uma lista extensa de materiais. Alguns lápis, borrachas e papéis e um apontador já compõe a lista dos itens indispensáveis. Escolher bons materiais pode ajudar a obter melhores resultados nos desenhos, mas não é uma garantia. Pois de nada adiantaria ter em mãos produtos profissionais se você não desenvolveu sua habilidade visual. O que é de fato necessário em sua lista é fazer uma boa seleção de materiais de qualidade e conhecer seus usos. Se você quer dicas  sobre os cuidados com os seus materiais de desenho leia a publicação: Cuidados básicos com os materiais de desenho 
  
O LÁPIS -  possui graduação  quanto  a  sua dureza, porém  sua  tonalidade  difere  de  um  fabricante  para  outro. 

  • Os lápis da série B são de pequena dureza (moles) muito indicado para sombreamentos. (B,2B,3B,4B,5B,6B,7B,8B e 9B) 
  • Os intermediários HB e F são indicados para esboços e escrita. 
  • Os da série H tem alta dureza e são indicados para trabalhos detalhados, uma vez que esse tipo de lápis produz linhas mais finas. (H,2H,3H,4H,5H,6H,7H,8H e 9H)


**Nunca se esqueça de manter seus lápis bem apontados. Para isso use estiletes para conseguir pontas longas e finas o que lhe possibilitará um bom traçado; as crianças devem utilizar apontador.

 LAPISEIRAS - ideais para fazer desenho de pequenos detalhes e linhas muito finas como: fios de cabelo sobrancelhas, cílios, pelos, rugas... A mina (nome dado ao grafite das lapiseiras) que melhor atende ao desenho artístico são as de graduação 2B que tem maciez e tonalidade adequada. 
A BORRACHA - utilizada para fazer correções e dar efeitos de incidência de luz nos  objetos retratados. O tipo mais comum são as plásticas que possuem uma consistência firme  e  não marca  a  superfície  do  papel.  Existe  ainda  as borrachas maleáveis  ou  “limpa-tipos”,  excelente  para trabalhos  com carvão  ou  grafite  quando  se  deseja  apagar áreas muito pequenas. Outra opção muito útil são as borrachas-canetas utilizadas para apagar áreas muito pequenas. 

         


O PAPEL - Existe uma infinidade de modelos e marcas e os mais utilizados são os “canson” e fabriano. Para esboços utiliza-se o sulfite que é um papel de custo baixo e ideal para estudos rápidos ou exercícios diários. Os papéis possuem diferentes tipos de gramatura, cor, tamanho, composição e textura. A gramatura é o peso em gramas por metro quadrado de uma folha de papel. Um papel de maior gramatura terá também maior espessura.





O ESFUMINHO - é um pequeno bastão de papel firmemente enrolado, que possui espessura diferente e serve para esfumaçar o grafite no papel, o que comumente alguns desenhistas iniciantes utilizam o dedo para essa prática, porém não se obtém o mesmo resultado e pode ocasionar manchas impossíveis de tirar. Ele deve está sempre limpo durante o uso no desenho. Para áreas grandes que desejar esfumar você pode utilizar o papel higiênico ou guardanapo.


O CARVÃO E O VERNIZ - Ideal para esboço e sombreamento é um dos materiais mais antigos da história da arte e também o mais simples. Com ele se pode cobrir grandes áreas com sombras. Para que seus desenhos a carvão durem é preciso utilizar um verniz fixador como esse da imagem abaixo após o término do seu trabalho, caso contrário um simples toque poderá apagar quase completamente o seu desenho. Você também pode usar o verniz em seus desenhos à lápis para evitar borrões e retirar o brilho deixado pelo grafites.



APONTADOR E ESTILETE - Ambos são utilizados para apontar os lápis. O apontador é recomendado para crianças por não oferecer riscos de acidentes. Nada impede que qualquer pessoa utilize o apontador, mas ficará limitado a um único tipo de ponta.




ESCOVA (BIGODE) - utilizada para limpar qualquer resíduo que se depositarem sobre o papel no momento do desenho. Nunca sopre sobre o papel ou esfregue a mão sobre ele, pois você poderá manchá-lo, perdendo assim o seu trabalho de arte.
 PRANCHETAS - portáteis, de mão, ou de mesa trata-se do suporte onde executamos nosso desenho. Seu uso é importante porque se trabalha melhor em superfícies inclinadas sem prejuízos a nossa saúde. E não se esqueça de desenhar em um ambiente bem iluminado.




   
¨¨Além desses materiais existe uma variedade de tantos outros que os artistas-desenhistas usam, tais como pincéis, boleadores, régua etc. Você pode incrementar sua coleção de materiais com o tempo, ao passo que sua necessidade solicitar. 

        Na próxima aula sobre A importância do sketchbook você irá conhecer o que é um caderno de esboço e qual a sua importância.


         E se você gostou dessa publicação deixa aqui teu comentário que ficarei imensamente grata, sua opinião importa! Um forte abraço e até breve!

            

CURTA MINHA PÁGINA => Cícera Dias Artes

SIGA MEU INSTAGRAM => @cicera.dias_artes



Veja também:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Atelier Cícera Dias - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo